Quem tem mais probabilidade de sofrer com a depressão?

According to the World Health Organisation (WHO), depression is a common mental disorder that is the leading cause of disability and the major contributor to the global burden of disease. By 2020 WHO predicts that depression increases to the number two contributor to global burden of disease.

Quem teria sabido?

Depression is common, affecting about 121 million people worldwide. Depression is one of the leading causes of disability worldwide. Depression can be reliably diagnosed and treated in primary care. Fewer than 25 percent of those affected have access to effective remedies. So what’s Depression? Depression is a common mental disorder that manifests itself in the shape of depressed mood, a loss of enjoyment of living, low self esteem, inability to sleep properly, loss of appetite, low levels of energy, and poor concentration.

It affects people of all ages and from all backgrounds. Some experience acute symptoms and are not able to function day to day and deaths account for around eight hundred and fifty million lives yearly.

Então, quem está mais em risco?

The statistics indicate that women are more vulnerable to depression than men. Approximately one in six women will experience depression at some point in their lives while men have a one in four chance. There are variables that affect on women that lead to depression like child birth (post natal depression), hormone changes and the multiple roles women have in day to day life (such as raising children, running a house and holding down a job, all at exactly the exact same time). Among the known problems with the numbers is that guys are known to be less inclined to find support for their depression.

O estigma social imposto aos homens os impede de buscar ajuda e os números podem ser distorcidos. Muitos homens consideram a depressão como uma fraqueza, ou percebem que outros o fazem e, portanto, relutam em dar um passo à frente e reconhecer sua doença. Embora isto esteja avançando agora, ainda há milhões de homens que não se apresentam para receber apoio.

Crianças

É mais provável que as crianças que sofrem de depressão tenham um histórico familiar desta desordem. Muitas vezes, entre esses pais terão experimentado a depressão em algum momento de suas vidas. A adolescência é uma época em que a depressão parece influenciar um número maior de pessoas, especialmente mulheres. Eles também têm uma probabilidade maior do que o normal de ter um histórico familiar de depressão, embora não na mesma medida que as crianças.

Quais são os Fatores de Risco?

Uma série de fatores foi reconhecida como aumentando o risco de contrair melancolia. Estes incluem coisas como ansiedade, separação matrimonial, quebra de relacionamento, perda de um ente querido, início de doença crônica como diabetes, abuso ou negligência ou qualquer outro evento traumático. A depressão é uma grande desordem psicológica que prevalece em todos os lugares, em todas as idades, gêneros e raças. Parece haver uma incidência maior nas mulheres, mas os números podem ser um tanto enganosos. Há inúmeros fatores contribuidores conhecidos, incluindo a história familiar da doença.

 

Este artigo foi útil?

Artigos Relacionados